Quais são os tipos de prótese?
Há dois tipos de próteses, a obturadora e a elevadora.

Prótese obturadora
Consiste numa prótese removível comum, à qual é acoplado o bulbo. Essa é a prótese de palato mais utilizada.

Para que serve?
Como o próprio nome diz, a prótese obturadora serve para obturar o palato, ou seja, para vedar o palato e bloquear o escape nasal de ar, quando há fístulas ou ausência de palato. Em outras palavras a prótese obturadora substitui o palato.

Quando é indicada?
São indicadas quando há insuficiência velofaríngea (falta de tecido) e são classificadas em dois tipos, dependendo do local onde há ausência de tecido.

Se o esfincter velofaríngeo está normal , mas apresenta fístula no palato (orifício) é indicado a prótese obturadora que tem a função de vedar a fístula.

Se o palato é curto , é indicada uma prótese com bulbo faríngeo que atua diretamente no esfíncter velofaríngeo mantendo uma relação dinâmica com os tecidos musculares circunvizinhos. Essa prótese é denominada prótese obturadora com bulbo faríngeo. O fonoaudiólogo auxilia o protesista identificando o posicionamento correto do bulbo em direção à construção das paredes faríngeas.

Prótese elevadora
É um tipo de prótese que eleva o palato mole em direção posterior e superior até uma posição próxima da parede posterior da faringe.

Quando é utilizada?
A prótese elevadora é utilizada na incompetência velofaringea por problemas neuromusculares. Ela exerce uma estimulação física direta no palato e indireta na faringe.

Quando é indicada?
Essa prótese é indicada quando há incompetência velofaríngea, causada por alterações neuromusculares. Nesse caso, a prótese eleva o palato mole em direção à parede posterior da faringe .

A confecção dessa parte é feita pelo protesista com auxílio do fonoaudiólogo, que dá a orientação necessária para a funcionalidade da prótese na ressonância da fala.

Quem indica a prótese?
A indicação é feita por uma equipe que envolve o fonoaudiólogo, o protesista e o cirurgião-plástico.

O que é?

Contra-indicações

Tipos de Próteses

A Fala

Disfunção Velofaríngea

Prótese de Palato
 

Maria Inês
Pegoraro-Krook
- fonoaudióloga
responsável pelo Serviço de Prótese de Palato

Homero Carneiro Aferri - cirurgião dentista

Simone Demian Prates - fonoaudióloga

Érika Uemeoka -
fonoaudióloga